sicnot

Perfil

Mundo

Reforço de meios para resposta a desastres naturais estimado em 280 M€

O Comissário Europeu da Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, Christos Stylianides

Thierry Monasse

O comissário europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, Christos Stylianides, estimou hoje um custo de 280 milhões de euros para reforçar os meios de resposta a desastres naturais da proteção civil da União Europeia (UE).

"O reforço vai ser de baixo custo", disse Stylianides, em conferência de imprensa, em que estimou um orçamento de 280 milhões de euros até 2020 para reforçar a proteção civil da UE, nomeadamente com o aluguer ou 'leasing'de aviões de combate a incêndios.


"Através das propostas hoje apresentadas, temos capacidade de aumentar a nossa capacidade europeia, através do aluguer de meios,", disse o comissário, reforçando que será "uma via de baixo custo", com uma verba de "280 milhões de euros" do quadro orçamental em vigor, até 2020.


O equipamento, nomeadamente os aviões, serão distribuídos pelo território da UE, de acordo com o plano que vai ser traçado por peritos:

"Nenhum país da UE terá que enfrentar sozinho desastres naturais como incêndios florestais, terramotos ou inundações. Todos nós temos lições a tirar, nomeadamente com os incêndios florestais que mataram mais de 100 pessoas em Portugal. A prevenção e a preparação são a pedra angular para uma resposta eficaz aos desastres naturais." afirma Stylianides.


A Comissão Europeia apresentou hoje propostas para reforçar a proteção civil da UE, nomeadamente a reserva de meios 'rescUE', que, salientou Stylianides, "não substitui a proteção civil dos Estados-membros".

Lusa

  • Liga investiga incidentes em Guimarães
    1:22

    Desporto

    Pelo menos seis pessoas ficaram feridas ontem à noite na sequência de confrontos, antes do jogo entre Vitória de Guimarães e Sporting de Braga. Mais de 50 adeptos bracarenses foram identificados pela PSP. A Liga de Clubes vai instaurar um processo de averiguações.

  • Associação ambiental alerta para limpezas de terrenos sem critério
    2:07

    País

    A menos de um mês do fim do prazo fixado para a limpeza dos terrenos, persistem dúvidas, resistências e exemplos de terrenos que são limpos sem critério. O resultado poderá ser o crescimento rápido de vegetação antes do verão. O aviso é deixado por uma associação que está a plantar árvores, em Arouca.