sicnot

Perfil

Mundo

Vaga de frio nos EUA já matou pelo menos 11 pessoas em 24 horas

Lucas Jackson

Pelo menos 11 pessoas morreram nas últimas 24 horas nos Estados Unidos devido a uma vaga de frio que está a atingir valores recorde e que continua a avançar pelo território continental, noticiou esta terça-feira a imprensa local.

De acordo com a cadeia de televisão CNN, onze pessoas morreram desde a manhã de terça-feira devido à exposição às baixas temperaturas trazidas por uma massa de ar do Ártico que afeta a maior parte do país.

Pelo menos cinco pessoas morreram no Estado do Wisconsin, quatro no Texas, um no Dakota do Norte e outro no Missouri.

A vaga de frio tem vindo a congelar lagos, margens dos rios e piscinas privadas e provocou o cancelamento de algumas das tradicionais celebrações do ano novo.

Nos dois últimos dias de 2017, o frio já tinha causado a morte a três pessoas.

"A massa de ar do Ártico vai continuar forte sobre os dois terços mais a Leste do país até ao final da semana", publicou no Twitter o Serviço Nacional de Meteorologia (NWS), salientando que esta parte do território vai sofrer "temperaturas muito frias e ventos gélidos perigosos".

Na terça-feira registaram-se novos mínimos - pulverizando recordes com décadas. Em Dayton (Ohio), o mercúrio marcou 25 graus abaixo de zero (batendo um recorde de 1898; em Salisbury (Maryland) a temperatura baixou para 14 abaixo de zero (quebrando o anterior mínimo de 1918).

Estas condições meteorológicas, informou o NWS, podem trazer hoje precipitação sob a forma de neve e gelo na Costa Atlântica, especialmente na Florida e na Carolina do Norte.

O NWS indicou que hoje e quinta-feira, a Costa Leste - de norte a sul - sofrerá fortes nevadas e precipitação de gelo, apelando a que os habitantes das regiões evitem viagens de carro devido aos "consideráveis problemas de deslocação" previstos pelas autoridades.

No Estado da Geórgia, o governador, Nathan Deal, declarou o estado de emergência em 28 condados.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38