sicnot

Perfil

Mundo

Trump disponível para reunião com Coreia do Norte em "condições adequadas"

Jonathan Ernst

O Presidente norte-americano, Donald Trump, disse esta quarta-feira ao homólogo sul-coreano que está disponível para manter negociações diretas entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, desde que seja "no momento apropriado e nas circunstâncias certas".

A disponibilidade de Trump foi avançada num telefonema com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-In, de acordo com uma transcrição da conversa divulgada pela Casa Branca.

"O Presidente Trump expressou a sua disposição para manter conversações entre os EUA e Coreia do Norte no momento apropriado, nas circunstâncias adequadas", indicou a Casa Branca em comunicado.

Ambos os líderes também sublinharam a "importância de continuar com a campanha de máxima pressão contra a Coreia do Norte".

Segundo o executivo norte-americano, o Presidente Moon agradeceu a Trump pela sua "liderança", que segundo o chefe de Estado asiático contribuiu para tornar possíveis as recentes reuniões entre as duas Coreias.

Seul também divulgou a sua versão da conversa telefónica entre os dois Presidentes, salientando que Trump indicou que "não haverá qualquer ação militar (por parte dos Estados Unidos) durante o diálogo entre as duas Coreias".

O telefonema aconteceu no dia seguinte às duas Coreias terem mantido a primeira reunião formal de alto nível dos últimos dois anos. A Coreia do Norte concordou em enviar uma delegação aos Jogos Olímpicos de Inverno que se realizam na Coreia do Sul e ambos os países concordaram em iniciar conversações sobre formas de reduzir a tensão militar na fronteira.

Moon disse que está disponível a reunir-se com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, para resolver o dilema relacionado com o programa nuclear de Pyongyang. No entanto, disse que êxito de uma cimeira desse nível terá de estar garantido ainda antes de a reunião começar.

Desde que chegou ao poder, Trump já se envolveu em azedas trocas de acusações com o regime norte-coreano devido ao programa nuclear e de mísseis balísticos, chegando a ameaçar com uma intervenção militar de grande escala contra Pyongyang. No entanto, mudou de tom nas últimas semanas, admitindo a possibilidade de falar por telefone com Kim Jong-Un.

No sábado, o Presidente norte-americano já tinha saudado o retomar das conversações formais na península coreana, acrescentando esperar que o diálogo entre os dois países vá além dos Jogos Olímpicos de Inverno.

O vice-Presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, deverá dirigir a delegação norte-americana nos Jogos.

Lusa

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.