sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 8.000 multados por fumar nas ruas de Nova Deli

Saurabh Das

Mais de 8.000 pessoas foram multadas em quatro dias por fumar tabaco nas ruas da capital indiana, um ato proibido por lei, numa campanha lançada pelas autoridades para evitar este hábito, segundo uma fonte oficial.

A lei sobre cigarros e outros produtos derivados do tabaco (COTPA) castiga que se fume "em qualquer lugar público" da Índia, se bem que o castigo monetário - cerca de 200 rupias, pouco mais do que 2,5 euros - que enfrentam os que a desrespeitarem é inferior ao preço de um maço de tabaco."Fumar em sítios públicos não é legal, por isso sancionamos.

Dentro de lugares privados, pode-se fumar sem problemas", explicou o subcomissário da polícia do sudeste de Nova Deli, Chinmoy Biswal, à agência noticiosa espanhola, Efe.

A maior parte das multas foram impostas a fumadores, mas também a vários comerciantes que vendiam tabaco a menos de 100 metros de escolas ou a menores, tal como define a lei, aprovada em 2003.

Só em quatro dias - 30 de dezembro, 03, 07 e 10 de janeiro, em que o subcomissário participou em "patrulhas regulares" -, as autoridades terão recebido perto de 1,7 milhões de rupias (mais de 22 mil euros).

O responsável da polícia afirmou que esta medida não tem como objetivo recolher dinheiro, mas fazer cumprir a legislação, já que "compete a todos" conhecer a lei.

A polícia de Nova Deli pretende continuar a impor estas sanções de forma regular, apesar de Biswal reconhecer que tal tarefa exige "sacrifício", por envolver "uma considerável força humana e tempo".

Lusa

  • Desespero e euforia marcaram o 8.º dia de Mundial
    0:50
  • Comprava uma bola de futebol com 9 mil cristais Swarovski?
    2:51
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22