sicnot

Perfil

Mundo

Macron apela a "todas as partes" respeito por acordo nuclear com Irão

POOL New

O presidente de França, Emmanuel Macron, afirmou este sábado, numa conversa telefónica com o primeiro-ministro de Israel, que o acordo nuclear com o Irão deve ser respeitado "por todas as partes".

"O Presidente da República apelou para a importância de se manter o acordo nuclear iraniano e que todas as partes respeitem os seus compromissos assumidos no contexto desse acordo", afirmou o Eliseu em comunicado.

Emmanuel Macron e Benjamin Netanyahu concordaram na "necessidade de cooperar sobre a questão balística e sobre as atividades do Irão, como a França propôs depois de setembro de 2017", mas o primeiro-ministro israelita exortou França a rever o acordo nuclear.

O Irão rejeita qualquer alteração ao acordo histórico sobre o armamento nuclear e tem o apoio de outros parceiros do acordo - Reino Unido, China, França, Alemanha, Rússia e União Europeia - com dos Estados Unidos.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem vindo a anunciar que vai "rasgar" o acordo de 2015 que pôs fim às sanções contra Teerão em troca de uma limitação ao programa nuclear iraniano.

Na sexta-feira, Trump confirmou a suspensão das sanções contra o Irão, levantadas no quadro do acordo, embora ressalvando que era "a última suspensão" que assinava.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC