sicnot

Perfil

Mundo

Filho do ator Rob Delaney morre aos dois anos vítima de cancro

Richard Shotwell

O ator e comediante norte-americano Rob Delaney anunciou esta sexta-feira através da sua página do facebook a morte do filho de dois anos, vítima de um tumor cerebral.

"Tenho más notícias para vos dar". É assim que Rob Delaney começa a publicação onde anuncia a morte do filho de dois anos.

Henry foi diagnosticado com um tumor cerebral em 2016, pouco tempo depois de ter celebrado o seu primeiro aniversário.

Delaney explica que o filho sofria com constantes vómitos e perda de peso, tendo sido internado no hospital. Pouco depois, foi-lhe diagnosticado um tumor e teve de ser submetido a uma cirurgia complicada ao cérebro para o remover.

Os tratamentos continuaram, mas o cancro de Henry regressou no final de 2017, tendo o filho de Delaney falecido em janeiro.

"Estamos devastados", escreve o autor. "O Henry era uma alegria. Era inteligente, divertido e malandro".

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.