sicnot

Perfil

Mundo

Austrália proíbe relações sexuais entre ministros e "subalternos"

Kim Kyung Hoon

O primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, proibiu as relações sexuais entre ministros e "subalternos", uma medida adotada na sequência do episódio que envolveu o vice-primeiro-ministro, Barnaby Joyce.

"Hoje acrescentei às normas (ministeriais) uma disposição clara e inequívoca: os ministros, sejam casados ou solteiros, não podem manter relações sexuais com o 'staff'. Não cumprir a norma constitui uma violação às normas", disse o primeiro-ministro e líder do Partido Liberal.

"Não estou aqui para pregar moralidade", acrescentou o chefe do Governo em declarações aos jornalistas, em Camberra, sublinhando que é "preciso reconhecer ser inaceitável que em 2018 os ministros tenham relações sexuais com alguém" com quem se trabalha.

Turnbull disse também que o vice-primeiro-ministro cometeu um "erro de avaliação contraproducente" em relação ao romance que mantém com a ex-assessora de imprensa. A imprensa australiana divulgou, na semana passada, que a ex-assessora está grávida e que o pai é o vice-primeiro-ministro, um assunto que foi encarado como um escândalo por alguns setores da sociedade australiana.

Em 2017, Joyce, líder do Partido Nacional, aliado tradicional do Partido Liberal, separou-se da mulher com quem esteve casado desde 1993 e de quem tem quatro filhos. O vice-primeiro-ministro foi um dos defensores dos "valores da família" durante a campanha para a legalização dos casamentos entre duas pessoas do mesmo sexo, no ano passado.

A forma como Joyce, 50 anos, mantinha a relação com a ex-assessora de imprensa, de 33 anos, e o fim do casamento tem sido criticada por alguns membros do Partido Nacional que o acusam de ter prejudicado a imagem da formação política que representa o setor conservador e rural australiano.

O Senado da Austrália, aprovou hoje uma "moção simbólica" apoiada pelos Verdes e pelos Trabalhistas, na oposição, que pedem a renúncia de Joyce do cargo que ocupa no Executivo.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.