sicnot

Perfil

Mundo

Tatuagens mais antigas do mundo em múmias egípcias com 5 mil anos

The British Museum Trustees

As mais antigas tatuagens que se conhecem foram descobertas em duas múmias. São desenhos de um touro e de um carneiro no braço de um homem e quatro letras "S" no ombro de uma mulher, tatuagens que simbolizam estatuto, valentia ou poderes mágicos, acreditam os investigadores.

Um touro com uma longa cauda e cornos elaborados em baixo; em cima, uma carneiro com os cornos curvos no braço do homem

Um touro com uma longa cauda e cornos elaborados em baixo; em cima, uma carneiro com os cornos curvos no braço do homem

The British Museum Trustees

O jovem rapaz foi descoberto há 100 anos em Gebelein, na região sul do Egito Superior, 40 km a sul da atual Luxor. Foi determinado que tinham entre 18 e 21 anos quando morreu com uma facada nas costas. Vários exames lhe têm sido feitos desde então e nunca ninguém tinha dado atenção a uma mancha no braço.

A múmia feminina, além dos quatro "S", tem também desenhados bastões que seriam utilizados em danças rituais. Até hoje, os egiptólogos acreditavam que apenas as mulheres eram tatuadas.

Daniel Antoine, um dos principais autores do estudo e curador de Antropologia Física do British Museum, diz que esta descoberta "transformou" o que se sabe sobre como se vivia naquela época.

"Só agora temos uma perspetiva mas próxima das vidas destes indivíduos tão bem preservados. Incrivelmente, com mais de 5 mil anos de idade, dão-nos a prova que a tatuagem em África já era feita um milénio antes" do que tínhamos conhecimento, afirma à BBC.

Com esta descoberta, publicada no "Journal of Archaelogical Science", antecipa-se em mil anos a prática das tatuagens em África. O exemplo mais antigo era o de Ötzi, a múmia descoberta nos Alpes que terá vivido entre 3351 e 3017 a.C.. As suas tatuagens são apenas linhas verticais e horizontais, sem quaisquer desenhos.

Quatro desenhos em "S" no ombro direito da mulher

Quatro desenhos em "S" no ombro direito da mulher

The British Museum Trustees

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes