sicnot

Perfil

Mundo

Trump diz que ouviu "muitas ideias, algumas boas", sobre segurança nas escolas

Kevin Lamarque

O Presidente norte-americano, Donald Trump, disse esta quinta-feira que surgiram "muitas ideias, algumas boas e outras não tão boas", na reunião bipartidária sobre segurança escolar realizada na quarta-feira na Casa Branca.

"Muitas ideias, algumas boas e outas não tão boas surgiram na nossa reunião bipartidária sobre segurança escolar ontem na Casa Branca", escreveu esta quinta-feira Donald Trump, na sua página oficial da rede social Twitter.

Na quarta-feira, o Presidente norte-americano tinha acusado alguns dos congressistas e senadores de terem medo da Associação Nacional de Espingardas (NRA, na sigla em inglês), um poderoso grupo de pressão que se opõe a um maior controlo das armas.

"Alguns de vocês estão petrificados (de medo em relação) à NRA e não podem estar", disse.

O mandatário assegurou estar disposto a desafiar essa organização em algumas propostas e sugeriu que, em vez de aprovar leis separadas, o ideal seria fazer passar uma única medida legislativa que aborde vários dos problemas relacionados com os frequentes tiroteios em escolas - como o que causou 17 mortos em fevereiro num liceu em Parkland, Florida - e noutros lugares do país.

Para além disso, Donald Trump demonstrou recetividade ao aumento do controlo dos antecedentes criminais e da saúde mental para a compra de armas de fogo, bem como o aumento da idade mínima, de 18 para 21 anos, para a aquisição destas armas.

Trump sugeriu ainda a possibilidade de confiscar armas a uma pessoa, mesmo sem haver um pedido judicial."O controlo dos antecedentes tem de entrar na discussão. As zonas livres de armas são alvos fáceis para assassinos. Passados tantos anos, é necessário um projeto de lei. Respeito pela 2.ª Emenda!", anunciou Presidente norte-americano, hoje no Twitter.

Nos últimos dias, Trump parece estar a tentar equilibrar dois pesos aparentemente incompatíveis entre si.

Por um lado, "o direito do povo ter e usar armas não pode ser infringido" - 2.ª Emenda da constituição norte-americana - e o término das zonas livres de armas, como as escolas, por outro lado, a possibilidade de confiscar armas a uma pessoa, mesmo sem haver um pedido judicial.

Hoje está programada mais uma reunião sobre a segurança nas escolas.

Lusa

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Rapper XXXTentacion morto em aparente tentativa de roubo

    Cultura

    O rapper norte-americano XXXTentacion, de 20 anos, morreu na noite de segunda-feira depois de ter sido baleado, na Florida, no sudeste dos Estados Unidos. Um dos suspeitos terá disparado e atingido o rapper e, de seguida, dois suspeitos fugiram numa viatura escura. A polícia está a considerar tentativa de roubo.