sicnot

Perfil

Mundo

Jornalista dividiu campa durante meia hora com um cadáver

ABC Madrid

"Vim a Espanha para tentar fugir da morte e quase acabei por encontrá-la", este é o relato de uma jornalista venezuelana, que enfrentou um dos maiores sustos da vida. Tudo aconteceu num cemitério, onde Michell Rangel acabou por dividir uma campa durante meia hora com um cadáver.

Perseguida pelo Governo de Nicolás Maduro, Michell Rangel viajou para Espanha à procura de uma vida melhor.

Segundo o jornal ABC Madrid, a mulher de 28 anos tinha acabado de sair de uma entrevista de trabalho, no domingo passado, e estava a sentir-se particularmente feliz. Foi enquanto passava pelo cemitério de Canillas, na zona de Madrid, que teve uma ideia.

"Queria colocar as flores mais bonitas na campa mais velha", revelou ao periódico espanhol. Com o pouco dinheiro que tinha, a jornalista resolveu comprar um ramo de flores e aventurar-se pelo cemitério, em busca da campa mais degradada.

Aquilo que Michell Rangel não sabia é que a sua visita poderia vir a acabar mal.

A jornalista venezuela escolheu uma sepultura e, quando estava prestes a colocar as flores, a terra desabou por baixo de si. Michell Rangel caiu num buraco de três metros e ficou lado a lado com o inquilino daquela campa.

ABC Madrid

De acordo com o ABC Madrid, o seu primeiro instinto foi gritar por ajuda, mas como não estava ninguém por perto, não foi ouvida. A sua sorte foi o telemóvel que tinha no bolso e que não tinha ficado danificado. Avisou uma amiga e esta prontificou-se a alertar os serviços de emergência.

Ferida e desorientada, a jornalista partilhou aquele buraco com o cadáver durante 32 minutos.

Michell Rangel foi levada para o hospital e recebeu tratamento médico.

Dias depois, conseguiu cumprir finalmente o seu desejo e depositou um ramo de flores naquela campa.

  • França vence o Peru e apura-se para os oitavos de final do Mundial

    Mundial 2018 / França

    A França venceu o Peru num encontro da 2.ª jornada do grupo C do Mundial 2018. Aos 34 minutos, Pogba passou para Giroud na esquerda, que tentou de pronto o remate, mas a bola saiu prensada por um defesa e chegou até à boca da baliza, onde apareceu Mbappé que praticamente só tem que encostar para pôr a França em vantagem no marcador. Ainda na primeira parte, Lucas Hernández tentou, por duas vezes consecutivas, marcar o segundo golo da França. Na segunda parte, o peruano Farfán ainda rematou várias vezes à baliza de Hugo Lloris, mas sem êxito.

  • Colisão mortal no IC1 perto da Marateca
    1:51
  • Portugal e Espanha empatados em tudo... menos nos amarelos
    1:42
  • Fase de grupos é o "momento mais crítico", diz Fernando Santos
    0:21