sicnot

Perfil

Mundo

Elon Musk sonha estabelecer bases na Lua ou Marte para salvar a humanidade

Colónia em Marte imaginada por Elon Musk e apresentada no SXWS

A SpaceX do multimilionário Elon Musk, que lançou um foguetão poderoso em direção a Marte em fevereiro, quer realizar voos de teste interplanetários no próximo ano O objetivo é o de assegurar a sobrevivência da espécie humana na eventualidade de uma guerra nuclear.

Este vaivém poderá realizar "voos curtos, de ida e volta, provavelmente já no primeiro semestre do próximo ano", disse Musk na conferência "SXSW" em Austin, Texas.

O objetivo a longo prazo desses projetos é a construção de bases na Lua ou em Marte, o que poderia garantir a sobrevivência da raça humana e, assim, promover a sua regeneração na Terra no caso de uma terceira guerra mundial, disse o bilionário.

Existe, de facto, uma "certa probabilidade" de que a humanidade pode enfrentar uma "era das trevas", "especialmente se acontece uma terceira guerra mundial", disse o bilionário, dono da marca de automóveis elétricos Tesla.

"Queremos garantir que existe noutro lugar (para além da Terra) uma semente da civilização humana, que possa trazer de volta a civilização e talvez diminuir a duração da idade das trevas", afirmou.

Nesta perspetiva, "uma base lunar e uma base marciana, que poderiam talvez ajudar a regenerar a vida aqui na Terra, seria realmente importante".

Aos 46 anos, Elon Musk é um dos empresários inovadores com mais sucesso nos Estados Unidos.

O foguetão espacial Falcon Heavy, considerado "o mais poderoso do mundo", descolou com sucesso, no dia 6 de fevereiro, da Florida, com um carro elétrico Tesla vermelho.

Outra das suas inovações para reduzir o custo dos voos espaciais, que visam levar seres humanos a Marte até 2024, é conseguir reutilizar os foguetões de propulsão, que voltam a Terra em perfeitas condições de reutilização.

Musk já tinha anunciado que, no final de 2018, enviaria dois turistas para visitar a Lua, seguindo os passos das famosas missões da Apollo da NASA entre 1960 e 1970.

Lusa

  • Missão a Marte: foguetão mais potente do mundo partiu com carro Tesla acoplado
    2:14

    Mundo

    O foguetão gigante Falcon Heavy, com o qual a empresa privada SpaceX espera realizar missões para Marte descolou esta terça-feira do Cabo Canaveral na Flórida, nos Estados Unidos, para uma viagem de teste com um carro a bordo.O Falcon Heavy, com 70 metros de altura e capaz de transportar mais de 66 toneladas, descolou às 15:45 locais (20:45 em Portugal) da plataforma LC-39A, a mesma plataforma a partir da qual descolaram os foguetões das missões Apollo com destino à lua (1961-1972).

  • Elon Musk, o visionário que quer colonizar Marte

    Revista do Ano 2017

    Elon Musk é um dos empreendedores mais admirados em todo o mundo. Visitar frequentemente a Estação Espacial Internacional, construir um "tubo mágico" para transportar pessoas em cápsulas e colonizar Marte são alguns dos planos do sul-africano que promete revolucionar o estilo de vida de todos.

  • Missão a Marte: foguetão mais potente do mundo partiu com carro Tesla acoplado
    2:14

    Mundo

    O foguetão gigante Falcon Heavy, com o qual a empresa privada SpaceX espera realizar missões para Marte descolou esta terça-feira do Cabo Canaveral na Flórida, nos Estados Unidos, para uma viagem de teste com um carro a bordo.O Falcon Heavy, com 70 metros de altura e capaz de transportar mais de 66 toneladas, descolou às 15:45 locais (20:45 em Portugal) da plataforma LC-39A, a mesma plataforma a partir da qual descolaram os foguetões das missões Apollo com destino à lua (1961-1972).

  • As novas tecnologias em 2017

    Revista do Ano 2017

    Em matéria de novas tecnologias, o ano de 2017 ficou marcado pela Web Summit, pelos lançamentos do iPhone X e da Nintendo Switch, o salto para os carros autónomos, a corrida das empresas privadas ao espaço, a ascensão dos mordomos virtuais, a deteção de ondas gravitacionais, a acentuada subida de valor da moeda virtual, o fim do roaming de dados na Europa, os primeiros auscultadores equipados para tradução simultânea e a mais recente atualização do sistema operativo Windows 10.