Mundo

Espiões norte-americanos reafirmam que Rússia procurou ajudar eleição de Trump

Yuri Gripas

A entidade que coordena os serviços de informações nos EUA mantém a posição defendida que o Kremlin procurou interferir nas eleições presidenciais de 2016 para prejudicar a candidata democrata, Hillary Clinton, e ajudar o candidato republicano, Donald Trump.

Esta posição foi divulgada na segunda-feira por Brian Hale, porta-voz do Gabinete do Diretor das Informações Nacionais. Hale referia-se assim à conclusão, divulgada em janeiro de 2017, pela Agência Central de Informações (CIA, na sigla em Inglês), Agência de Segurança Nacional (NSA) e polícia federal (FBI).

A defesa da avaliação feita pela comunidade dos serviços de informações é feita em resposta aos comentários do congressista republicano Mike Conaway que lidera a investigação à alegada interferência russa pela comissão de Informações da Câmara de Representantes.

Conaway, eleito pelo Estado do Texas, disse na segunda-feira que os republicanos que integram a comissão não aceitam a tese de que a Rússia procurou ajudar Trump.

Lusa

  • Volta ao Mundo em Arroios
    18:46

    Reportagem Especial

    Tem mais de 90 nacionalidades diferentes. Os censos de 2011 da freguesia de Arroios, em Lisboa, registavam 4.500 estrangeiros mas nos últimos anos o número terá duplicado. É a freguesia mais multicultural do país, onde a diferença é a principal riqueza.

  • Anticiclone dos Açores afasta o verão de Portugal
    1:46

    País

    O verão vai continuar ameno em Portugal e, no início da próxima semana, as temperaturas máximas vão mesmo descer. Um cenário bem diferente do do norte da Europa, onde são as ondas de calor que estão a preocupar as autoridades. 

  • Ryanair prevê cancelamento de 50 voos diários em Portugal
    2:10

    Economia

    A Ryanair vai cancelar até 50 voos em Portugal durante os dois dias de greve, na próxima semana. A companhia irlandesa garante que já contactou 90% dos clientes com viagens marcadas de e para o país, que podem agora pedir o reembolso ou reagendar os voos.

  • Sócrates defende Pinho e critica Parlamento

    País

    José Sócrates saiu em defesa do seu antigo ministro da Economia, Manuel Pinho. Num artigo de opinião publicado no Expresso, o ex-primeiro-ministro aponta o dedo ao presidente do PSD e ao líder parlamentar do PS.

  • PP espanhol elege o líder mais jovem de sempre

    Mundo

    O novo presidente do Partido Popular (PP) espanhol, Pablo Casado, com 37 anos, é o líder mais jovem que este partido já teve na sua curta história, sendo visto por muitos como defensor da ala mais conservadora e tradicional.