sicnot

Perfil

Mundo

Papa Francisco telefonou à mãe da vereadora brasileira Marielle Franco

Papa Francisco.

Tony Gentile

O papa Francisco falou com a mãe de Marielle Franco, a vereadora brasileira assassinada na semana passada no Rio de Janeiro, disse esta quarta-feira na rede social Twitter a Fundação Alameda, liderada pelo amigo pessoal do pontífice, Gustavo Vera.

A Fundação refere que num primeiro momento foi a filha de Marielle quem escreveu uma carta afetuosa a Francisco e que terá sido entregue pelo argentino Gustavo Vera, amigo do papa desde que este era arcebispo de Buenos Aires.

Posteriormente o papa telefonou à mãe de Marielle.

A 14 de março, Marielle, de 38 anos, foi morta à saída de uma favela do Rio, com quatro tiros na cabeça, com balas da Polícia Militar, cujos excessos ela diariamente denunciava desde que o Presidente brasileiro Michel Temer, ordenou, há cerca de um mês, uma intervenção do Exército para fazer face à incapacidade da polícia em combater o crime organizado.

O crime, que tem indícios de ter sido uma execução, está a ser investigado pelas autoridades policiais locais.

A Organização das Nações Unidas (ONU) já pediu que as investigações "sejam feitas o mais rápido possível" e de forma "completa, transparente e independente", para que os resultados "possam ser vistos com credibilidade".

Lusa

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27