Mundo

Conselheira adjunta da Segurança Nacional dos EUA demitiu-se do cargo

Twitter Marta Kosmyna

A conselheira adjunta da Segurança Nacional para a Estratégia dos Estados Unidos, Nadia Schadlow, tornou-se na terceira alta funcionária a deixar o posto desde a chegada à Casa Branca do novo conselheiro de Segurança Nacional, John Bolton.

A renúncia do cargo foi apresentada ontem, noticiou esta quarta-feira a CNN, e torna-se efetiva a sua saída em 27 de abril.

"A administração agradece à doutora Schadlow pelo seu trabalho e liderança na elaboração da estratégia de Segurança Nacional do Presidente", refere a Casa Branca, num comunicado.

A demissão de Nadia Schadlow aconteceu no mesmo dia em que Tom Bossert, o principal conselheiro do Presidente norte-americano, Donald Trump, para as questões de Segurança Interna e Cibersegurança, embora a saída deste último tenha sido tornada pública.

Estas saídas somam-se às do ex-porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, Michael Anton, que anunciou a sua renúncia há três dias.

Os analistas atribuem a estas três demissões a saída do general H.R. McMaster, que abandonou o cargo de conselheiro de Trump em para a Segurança Nacional na semana passada e foi substituído por John Bolton.

Na sua carta de demissão a Donald Trump, citada pela CNN, Schadlow agradece ao Presidente pela oportunidade de o ter servido e ao povo norte-americano e disse que estava "orgulhosa de ter trabalhado com H.R. McMaster e com a equipa do Conselho de Segurança Nacional".

Lusa

  • Há uma praga de gaivotas no Porto
    2:13
  • Construção civil volta a crescer
    0:49

    Economia

    Depois de anos a ser um dos setores mais penalizados pela crise a construção civil voltou a crescer. Em 2017 foram licenciados quase 19 mil edifícios, um aumento de 10% em relação ao ano anterior. 

  • Novo vídeo mostra rapazes tailandeses a dizer que estão bem e a agradecer apoio
    2:07