sicnot

Perfil

Mundo

Jérôme Hamon é a primeira pessoa do mundo a receber dois transplantes de rosto

AP

Conhecido por "homem das três caras", Jérôme Hamon é a primeira pessoa do mundo a receber dois transplantes de rosto. O homem sofre de uma doença genética que o obrigou a fazer o primeiro transplante, que acabou por ter de ser retirado, levando-o à segunda cirurgia. O francês de 43 anos ficou dois meses sem rosto, sem conseguir ver, ouvir e falar.

AP

Jérôme Hamon sofre de neurofibromatose de tipo 1, uma doença genética que causa tumores severos na cara.

O homem de 43 anos recebeu o primeiro transplante em 2010, tendo sido um sucesso. Contudo, em 2015, apanhou uma constipação e teve de tomar antibióticos.

Segundo a BBC, os medicamentos eram incompatíveis com o tratamento que estava a receber para prevenir a rejeição do transplante. Os primeiros sinais apareceram em 2016 e, em novembro do ano passado, o rosto teve de ser removido, pois estava a entrar em estado de necrose.

Jérôme Hamon viveu sem rosto durante dois meses, num hospital em Paris. O homem ficou sem conseguir ver, falar ou ouvir até janeiro, altura em que foi encontrado um novo dador para o segundo transplante.

O "homens das três caras" confessou à France-Presse que se sentia bem e que estava esperançoso com a recuperação. "Se tivesse rejeitado este novo rosto, teria sido terrível. É uma questão de identidade... Mas aqui estamos, é bom, sou eu", disse o homem à agência francesa, a partir do hospital, onde está a recuperar.

O dador foi um jovem de 22 anos e a cirurgia foi conduziada pelo mesmo médico que fez o primeiro transplante. "Hoje sabemos que um segundo transplante é viável, já não estamos no campo da investigação", disse o médico Laurent Lantieri.

  • Viúva volta a tocar na cara do marido após transplante de sucesso

    Mundo

    Lilly Ross perdeu o marido, Calen Ross, em 2016, quando este decidiu por fim à vida. Este ano a viúva pode voltar a tocar na cara do marido, depois de um transplante de sucesso. Uma história que ninguém pensava que poderia ter um final feliz e que prova que a esperança é mesmo a última a morrer.

  • Bombeiro com transplante de face é considerado um "milagre da medicina"
    1:43

    Mundo

    Os médicos consideraram que foi um sucesso o maior transplante de rosto realizado em todo o mundo. A intervenção foi feita há um ano nos Estados Unidos e esta quinta-feira o paciente veio, pela primeira vez, a público dizer que nunca imaginou ser possível ter uma vida normal. O bombeiro de Missisípi é considerado "um milagre da medicina".

  • Transplante de rosto inédito realizado com sucesso nos EUA
    1:39

    Mundo

    O transplante de rosto mais extenso alguma na história da Medicina foi realizado com sucesso nos Estados Unidos. A cirurgia abrangeu rosto, pescoço, couro cabeludo e canais auditivos. A operação foi feita a um bombeiro que ficou com queimaduras graves durante o combate a um incêndio.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27