sicnot

Perfil

Mundo

Trump diz que vai continuar a "ocupar-se" de Cuba

Kevin Lamarque

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse esta quinta-feira que vai continuar a "ocupar-se" de Cuba, após a eleição de Miguel Díaz-Canel como sucessor de Raúl Castro na presidência do país.

Durante uma breve visita a Florida Keys, um arquipélago composto por cerca de 1.700 ilhas e ilhéus no sudeste dos Estados Unidos, e em resposta a perguntas do público que o recebeu e se despediu do Presidente na base naval e aérea de Key West, Trump afirmou que ama Cuba.

Em Washington, uma fonte da Casa Branca citada pela agência noticiosa Efe disse "duvidar" que Trump efetue algum contacto com o novo Presidente cubano para o felicitar pela sua eleição.

Os Estados Unidos pediram hoje ao novo dirigente da ilha caribenha que "escute" o desejo do povo cubano sobre um país "mais livre e mais democrático" que melhore a sua qualidade de vida e termine com a "repressão".

Na sua deslocação, Trump insistiu na necessidade de um muro na fronteira com o México e felicitou o combate contra o tráfico de estupefacientes pelos comandos sul dos Estados Unidos (Southcom) e norte (Northcom) durante uma reunião mantida com a Joint Interagency Task Force South, baseada nessa região.

"As drogas estão a fluir no nosso país. Necessitamos de proteção na fronteira, necessitamos do muro, temos de erguer o muro", disse em declarações aos 'media'.

Em paralelo, criticou os democratas, acusando-os de não pretenderem aprovar essa construção "por pensarem que politicamente é bom, mas não é".

"Se observarmos o que está a acontecer na Califórnia com as cidades santuário (que se negam a colaborar nos programas migratórios), as pessoas vão de facto pelo caminho oposto. Eles não querem cidades santuário. Há uma pequena revolução na Califórnia", acrescentou.

Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos 8 jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • Rui Rio alerta que violações do segredo de justiça ameaçam democracia
    2:16

    País

    Rui Rio diz que não pede demissões "a cada esquina" e prefere aguardar pelas respostas do ministro Adjunto Siza Vieira, sobre o alegado conflito de interesses com os acionistas chineses da EDP. O líder do PSD esteve esta terça-feira reunido com a direção nacional da Polícia Judiciária, onde defendeu que a violação do segredo de justiça é insustentável e ameaça o regime democrático.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47