sicnot

Perfil

Mundo

Vice-ministro japonês nega acusações de assédio mas renuncia ao cargo

KYODO Kyodo

O vice-ministro das Finanças japonês, Junichi Fukuda, renunciou na quarta-feira ao cargo depois de ser acusado de assédio sexual por várias jornalistas, o primeiro caso do género no Japão depois de lançado o movimento #MeToo. A decisão foi anunciada pelo atual ministro do departamento, Tao Aso.

Em causa está uma publicação do semanário japonês "Shukan Shincho", segundo o qual o vice-ministro manteve, em diferentes ocasiões, comportamentos inadequados em relação a várias jornalistas.

Junichi Fukuda negou na segunda-feira as acusações e diz que vai processar a revista por difamação. Segundo o responsável, a renúncia ao cargo foi uma decisão "para limpar o seu nome".

O caso contribuiu para o aumento dos protestos contra o Governo. No domingo, mais de 30 mil pessoas manifestaram-se em Tóquio, exigindo que o primeiro-ministro Shinzo Abe renuncie.

A campanha mundial #Metoo surgiu em outubro passado, em Hollywood, e pretende quebrar o silêncio sobre o assédio sexual e a violência contra as mulheres. Este é o primeiro caso conhecido no Japão desde então.

Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos 8 jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • Rui Rio alerta que violações do segredo de justiça ameaçam democracia
    2:16

    País

    Rui Rio diz que não pede demissões "a cada esquina" e prefere aguardar pelas respostas do ministro Adjunto Siza Vieira, sobre o alegado conflito de interesses com os acionistas chineses da EDP. O líder do PSD esteve esta terça-feira reunido com a direção nacional da Polícia Judiciária, onde defendeu que a violação do segredo de justiça é insustentável e ameaça o regime democrático.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47