sicnot

Perfil

Mundo

Desativação de bomba da II Guerra Mundial isola centro de Berlim

Axel Schmidt/ Reuters

As autoridades alemãs estão hoje de manhã a isolar a zona da estação central de caminho de ferro de Berlim para desativar uma bomba que foi lançada durante a II Guerra Mundial obrigando a retirar cerca de 10 mil pessoas.

As autoridades vão estabelecer um perímetro de segurança de cerca de 800 metros à volta do local onde se encontra a bomba, numa operação que obriga à retirada ou proibição de entrada a cerca de 10 mil pessoas e à interrupção da circulação ferroviária que vai ser desviada para outras estações.


O cordão de segurança já começou a ser montado, mas a desativação da bomba de 500 quilogramas só deve começar dentro das próximas horas sendo que não existe qualquer previsão sobre o tempo que vai demorar a operação.


A bomba foi localizada nos últimos dias por operários das obras que se realizam no bairro de Mitte, centro de Berlim, junto à rua Heidestrasse.

Axel Schmidt/ Reuters

O local tem estado isolado e segundo a polícia "não existe perigo direto" porque os acessos ao projétil estão guardados pelas autoridades.


A empresa de caminhos de ferro da Alemanha (Deutsche Bahn) organizou uma campanha de aviso para informar os utentes que devem utilizar outras estações da capital alemã.


Mesmo assim, a operação vai afetar o transporte metropolitano porque o tráfego ferroviário concentra-se na estação central que acumula a passagem das vias de metro e dos comboios que fazem as ligações periféricas, além dos comboios que fazem viagens de médio e longo curso.


Além da estação central de Berlim, dentro do perímetro de segurança está localizada a sede dos serviços secretos alemães, o Ministério das Finanças e dos Transportes e de uma ala da maior clínica hospitalar do centro da cidade.


As autoridades puseram à disposição dos cidadãos afetados uma série de albergues e alojamentos coletivos.

Com Lusa

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47