sicnot

Perfil

Mundo

"Respeito as mulheres mas uma mulher que vende o corpo eu não respeito"

O advogado de Donald Trump, Rudy Giuliani

Joshua Roberts

O advogado de Donald Trump, Rudy Giulani, disse não respeitar mulheres como Stormy Daniels, a atriz pornográfica que processou o Presidente norte-americano por difamação.

Em declarações à BBC, Giulani, antigo autarca de Nova Iorque, disse respeitar "mulheres bonitas e mulheres com valor" mas reiterou que não tem respeito por "uma mulher que vende o seu corpo para exploração sexual".

"Se alguém vende o seu corpo por dinheiro, simplesmente não tem reputação. Talvez eu seja antiquado", acrescentou.

Em reação a estes comentários, o advogado da atriz recorreu ao Twitter para classificá-los de "repugnantes":

"O sr. Giulani é um misógino. As recentes declarações que fez em relação à minha cliente, que passou num teste do detetor de mentiras e em quem o povo americano acredita, são repugnantes e uma desgraça. O cliente dele, o sr. Trump, não pareceu ter tido quaisquer problemas "morais" com ela e outras pessoas, em 2006 e posteriormente", lê-se na publicação.

Foi em abril que a atriz pornográfica decidiu processar Donald Trump por difamação. Antes, Stormy Daniels disse ter sido ameaçada para não falar sobre um suposto encontro sexual com Trump, em 2006.

A atriz, cujo nome verdadeiro é Stephanie Cliford, havia recebido 130 mil dólares para manter o silêncio e Trump processa-a agora por ter violado esse acordo.

Lucas Jackson

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes