sicnot

Perfil

Mundo

Refugiados do Aquarius seguem para Espanha com ajuda de dois navios italianos

Kenny Karpov / AP

Os migrantes resgatados no mediterrâneo seguirão para Valência, em Espanha, a bordo no navio Aquarius e de dois navios italianos, confirmou a organização não governamental SOS Mediterranée. No Aquarius que navega no Mar Mediterrânio estão 629 migrantes.

Os migrantes serão transportados por um barco da Guarda Costeira italina, um navio da Marinha Italiana e o Aquarius até Valência. Ainda não há informações em relação à hora de partida.

Espanha tinha-se oferecido ontem para acolher os migrantes para "evitar uma tragédia humanitária". No entanto, um responsável pelas operações marítimas da organização não-governamental SOS Mediterranée, Antoine Laurent, explicou à agência noticiosa Associated Press que chegar a Valência, a 750 milhas naúticas (1.400 quilómetros de distância) da atual posição do navio, "não é possível com 629 pessoas a bordo".

O responsável disse ainda que o navio tinha de ser reabastecido no mar, "o que não é fácil de organizar". O Aquarius já foi reabastecido esta manhã por um navio italiano e os migrantes receberam mantimentos da guarda-costeira italiana.

A embarcação, que só tem capacidade para 500 passageiros, estava sobrelotada com 629 ocupantes. Entre os migrantes, estão sete mulheres grávidas, 11 crianças e 123 menores desacompanhados.

A decisão do Governo de Madrid surgiu depois do desembarque ter sido recusado pelos Governos de Itália e de Malta.

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil de empatar com a Costa Rica já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • Moutinho e Rafael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.