sicnot

Perfil

Opinião

Avião russo abatido pode ajudar líderes a melhorar coordenação

Avião russo abatido pode ajudar líderes a melhorar coordenação

O comentador da SIC José Milhazes acredita que o incidente com um avião russo abatido pela Turquia pode ajudar os líderes envolvidos a coordenarem-se melhor e a chegarem a um entendimento sobre as intervenções militares na Síria.

  • Avião militar russo abatido pela Turquia
    0:43

    Mundo

    Um avião militar russo foi abatido pela força aérea turca na fronteira com a Síria. A informação é confirmada por fonte militar de Ancara que justifica o ato com a violação do espaço aéreo turco levada a cabo pelo aparelho.

  • França divulga imagens de ataques aéreos sobre Raqqa
    0:39

    Daesh

    França divulgou imagens dos mais recentes ataques aéreos na Síria. O vídeo mostra os aviões militares franceses a bombardear vários locais da cidade de Raqqa, bastião do Daesh. Nas imagens a preto a branco, é possível reconhecer alguns edifícios que explodiram. Também o Reino Unido está a preparar-se para começar ataques aéreos na Síria. David Cameron diz que só falta a aprovação parlamentar, que deve acontecer ainda esta semana.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras