sicnot

Perfil

Opinião

"Há coisas estranhas neste golpe"

Entrevista SIC Notícias

"Há coisas estranhas neste golpe"

Rui Machete considera que a tentativa de golpe de Estado na Turquia veio reforçar o poder do Presidente Erdogan. O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros diz que a maneira como o golpe se desenrolou é estranha, e que é preocupante que um chefe de Estado tenha incitado as massas populares a ir para a rua. O social-democrata acrescenta ainda que o golpe é um sintoma de divisão de opiniões perante aquele sistema político.

  • "A circunstância do primeiro-ministro francês ser vaiado é uma reação emocional"
    2:03

    Atentado em Nice

    O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, foi vaiado esta segunda-feira, em Nice. Para o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, a circunstância "é uma reação emocional". O social-democrata considera que a polícia francesa tem demonstrado eficácia, e que é muito difícil evitar estes atentados. Rui Machete diz ainda que algumas pessoas podem aproveitar estes eventos para tirar dividendos políticos.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão