sicnot

Perfil

Opinião

"Há coisas estranhas neste golpe"

Entrevista SIC Notícias

"Há coisas estranhas neste golpe"

Rui Machete considera que a tentativa de golpe de Estado na Turquia veio reforçar o poder do Presidente Erdogan. O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros diz que a maneira como o golpe se desenrolou é estranha, e que é preocupante que um chefe de Estado tenha incitado as massas populares a ir para a rua. O social-democrata acrescenta ainda que o golpe é um sintoma de divisão de opiniões perante aquele sistema político.

  • "A circunstância do primeiro-ministro francês ser vaiado é uma reação emocional"
    2:03

    Atentado em Nice

    O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, foi vaiado esta segunda-feira, em Nice. Para o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, a circunstância "é uma reação emocional". O social-democrata considera que a polícia francesa tem demonstrado eficácia, e que é muito difícil evitar estes atentados. Rui Machete diz ainda que algumas pessoas podem aproveitar estes eventos para tirar dividendos políticos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".