sicnot

Perfil

Opinião

"Trump gere o país como se de uma empresa se tratasse"

"Trump gere o país como se de uma empresa se tratasse"

O comentador da SIC para assuntos internacionais, Miguel Monjardino, diz que Donald Trump gere o país como se de uma empresa se tratasse, razão pela qual reagiu tão mal à decisão da justiça em travar a ordem executiva anti-imigração.

  • Donald Trump é a "personificação da corrupção" nos EUA
    3:28

    Mundo

    A Justiça norte-americana vai decidir esta terça-feira se mantém ou levanta a providência cautelar contra o decreto anti-imigração de Donald Trump. Entretanto, o Irão considera Trump a verdadeira face da corrupção americana. Já um senador australiano mandou fazer um capacho com a cara do Presidente norte-americano. No Reino Unido, 1.8 milhões de britânicos assinaram uma petição para exigir a retirada do convite feito a Trump para visitar Londres.

  • Secretário da Segurança Interna diz que EUA não vão alargar restrições à imigração a mais países
    0:27

    Mundo

    O secretário da Segurança Interna dos Estados Unidos diz que não é expectável que as restrições à entrada de imigrantes no país sejam alargadas a mais países. A garantia foi dada por John Kelly quando confrontado com o facto de a admnistração Trump estar a pensar incluir mais 12 países. A lista definida pela ordem executiva de Trump deverá assim manter-se com sete países.

  • Trump admite recorrer para Supremo Tribunal sobre decreto anti-imigração
    0:52

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, considera que o decreto anti-imigração é uma questão de bom senso. Esta noite haverá uma decisão da Justiça americana sobre o provimento a dar à providência cautelar que congelou o decreto. Donald Trump acredita que vai ganhar mas, caso isso não aconteça, admite recorrer para o Supremo Tribunal.

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares