sicnot

Perfil

Opinião

Santana Lopes diz que não é a Santa Casa que tem de dizer se há ou não suspeitos no caso das apostas

Santana Lopes diz que não é a Santa Casa que tem de dizer se há ou não suspeitos no caso das apostas

A propósito do cancelamento das apostas para o jogo entre o Feirense e o Rio Ave, Pedro Santana Lopes, provedor da Santa Casa, fala de um procedimento normal no cumprimento da lei. Santana Lopes diz ainda que não cabe à Santa Casa da Misericórdia apontar suspeitos nem abrir investigações para apurar culpados.

  • "Não sabemos se estão em causa máfias"
    7:46

    Opinião

    O advogado Fernando Veiga Gomes, especialista em Direito Comercial e Desportivo, esteve na SIC Notícias para comentar o caso das apostas suspensas no Placard. Fernando Gomes diz que não sabe se estão em causa máfias mas estranhou as declarações dos respresentantes dos clubes em questão. Quanto à legislação e regulamentação em vigor, o advogado diz que funcionaram bem na medida em que após identificarem um ato suspeito suspenderam de imediato as apostas.

  • Valor global das apostas no Feirense-Rio Ave chegou aos 500 mil euros
    2:05

    Desporto

    A Santa Casa da Misericórdia cancelou todas as apostas no jogo Placard relativas ao encontro de segunda-feira entre o Feirense e o Rio Ave. Em causa está uma alegada aposta de 100 mil euros registada na Póvoa de Varzim, valor considerado anormal. Os treinadores das duas equipas ficaram indignados e dizem que o caso é prejudicial para imagem do futebol português.

  • Apostas no futebol sob suspeita
    1:38

    O Dia Seguinte

    A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa suspendeu as apostas no Placard no jogo entre o Feirense e o Rio Ave, para a Primeira Liga. Paulo Farinha Alves defende que as autoridades competentes devem estar atentas, José Guilherme Aguiar considera fundamental que haja uma maior monitorização, como há nas competições europeias, e Rui Gomes da Silva diz que é difícil que estes casos ocorram sem a conivência dos jogadores.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16