sicnot

Perfil

Opinião

"Estamos devastados"

"Estamos devastados"

O treinador português do Santa Rita de Cássia diz que ficou muito abalado com a tragédia no jogo entre as duas equipas para o arranque do campeonato angolano de futebol. Pelo menos 17 pessoas morreram na cidade do Uíge ao forçarem a entrada no estádio, para assistirem ao jogo entre o Santa Rita e o Recreativo de Libolo. Sérgio Traguil confessa que só percebeu o que se tinha passado no fim do jogo.

  • Vítimas da tragédia em Angola terão sido esmagadas pela queda de portão
    4:13

    Desporto

    Silva Cadembo esteve em direto ao telefone, na SIC Notícias, onde falou sobre a tragédia no estádio de futebol em Uíge, Angola, onde morreram pelo menos 17 pessoas. O jornalista angolano diz que entre as vítimas mortais, muito provavelmente, estarão crianças, uma vez que naquela cidade um dos únicos entretenimentos é o futebol. Segundo Cadembo, as pessoas terão morrido "esmagadas, eventualmente pelo portão de acesso". As imagens podem chocar.

  • Segurança no estádio angolano terá sido "descurada"
    4:31

    Desporto

    Daúto Faquirá esteve ao telefone em direto, na SIC Notícias, onde falou sobre a tragédia no estádio de futebol da cidade angolana de Uíge, onde pelo menos 17 pessoas morreram e mais de 70 tiveram de ser hospitalizadas. O comentador da SIC diz que a segurança deste jogo deve ter sido "descurada". Faquirá diz ainda que já falou com um dos atletas de uma das equipas que estava a jogar - o Libolo -, que lhe disse que nem ele nem os seus colegas se aperceberam do que estava a acontecer no exterior do Estádio. As imagens podem chocar.

  • Federação angolana garante que estádio tinha condições de segurança
    4:18

    Opinião

    Silva Candembo, um jornalista angonalo, esteve ao telefone com a Edição da Noite para comentar o incidente desta sexta-feira no estádio 04 de Janeiro, na cidade do Uíge, que provocou pelo menos 17 mortos. O jornalista diz que falou com a Federação Angolana de Futebol que garantiu que o estádio tinha condições de segurança para receber o evento. A Federação acrescenta ainda que na semana passada realizou uma inspeção ao estádio que teve nota positiva.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31