sicnot

Perfil

Opinião

"Tudo isto cheira a manipulação"

"Tudo isto cheira a manipulação"

José Gomes Ferreira

José Gomes Ferreira

Diretor-Adjunto de Informação SIC

Mais de metade dos 10 mil milhões de euros que foram transferidos para paraísos fiscais, entre 2011 e 2014, partiram do Banco Espírito Santo. Um episódio que veio adensar a polémica em torno das offshores, analisado por José Gomes Ferreira.

  • Mais de metade dos 10 mil milhões de euros para offshores partiram do BES
    0:44

    Economia

    Mais de metade dos 10 mil milhões de euros que foram transferidos para offshores partiram do Banco Espírito Santo, uma notícia que promete abalar ainda mais a polémica do enorme volume de transferências para paraísos fiscais que escaparam ao crivo do Fisco entre 2011 e 2014. São mais de 5 mil milhoes de euros retirados do país pelos próprios clientes - a maior parte empresas, precisamente dois anos antes da resolução do banco. A notícia é avançada na edição desta sexta-feira do Jornal Económico.

  • "Nunca recebi indicações sobre publicação das listas de transferências para offshore"
    1:09

    Economia

    O ex-diretor-geral do Fisco, Brigas Afonso, diz que nunca teve um subdiretor para a área informática apesar da insitência junto de Paulo Núncio. Recorde-se que terá sido um erro informático a provocar este erro sobre as transferências para as offshores. Brigas Afonso, que esteve no cargo menos de um ano, diz que nunca recebeu indicações sobre a publicação das listas de transferências e que a grande prioridade do secretário de Estado era o e-Fatura. 

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.