sicnot

Perfil

Opinião

"Tudo isto cheira a manipulação"

"Tudo isto cheira a manipulação"

Mais de metade dos 10 mil milhões de euros que foram transferidos para paraísos fiscais, entre 2011 e 2014, partiram do Banco Espírito Santo. Um episódio que veio adensar a polémica em torno das offshores, analisado por José Gomes Ferreira.

  • Mais de metade dos 10 mil milhões de euros para offshores partiram do BES
    0:44

    Economia

    Mais de metade dos 10 mil milhões de euros que foram transferidos para offshores partiram do Banco Espírito Santo, uma notícia que promete abalar ainda mais a polémica do enorme volume de transferências para paraísos fiscais que escaparam ao crivo do Fisco entre 2011 e 2014. São mais de 5 mil milhoes de euros retirados do país pelos próprios clientes - a maior parte empresas, precisamente dois anos antes da resolução do banco. A notícia é avançada na edição desta sexta-feira do Jornal Económico.

  • "Nunca recebi indicações sobre publicação das listas de transferências para offshore"
    1:09

    Economia

    O ex-diretor-geral do Fisco, Brigas Afonso, diz que nunca teve um subdiretor para a área informática apesar da insitência junto de Paulo Núncio. Recorde-se que terá sido um erro informático a provocar este erro sobre as transferências para as offshores. Brigas Afonso, que esteve no cargo menos de um ano, diz que nunca recebeu indicações sobre a publicação das listas de transferências e que a grande prioridade do secretário de Estado era o e-Fatura. 

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "Situação humanitária dos civis em Ghouta é aterradora"
    0:49

    Mundo

    O enviado especial da ONU para a Síria lançou esta sexta-feira um novo apelo a um cessar-fogo. O responsável está particularmente preocupado com a situação da população civil e diz que é preciso evitar que se repita em Ghouta o que se passou em Alepo.

  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05
  • Instantes de uma noite de futebol europeu
    0:41
  • Não dá mais, Brasil!
    18:00