sicnot

Perfil

Opinião

Esquerda, volver!

Em junho "desapareceram" munições várias de um dos paióis de Tancos. Digo "desapareceram" porque primeiro, foi anunciado como um roubo; Depois, afinal, era apenas material obsoleto. Agora, quase quatro meses (!) depois, é o próprio ministro que admite não saber "se foi roubo". Tudo isto teria graça se fosse numa rábula dos Gato Fedorento, por exemplo. Como humor, é genial.

- Assaltaram o paiol;

- O paiol? Qual paiol?

- O de Tancos.

- Aquele de Tancos?

- Sim, esse de Tancos, o dos militares;

- Ai assaltaram os militares?

- Quer dizer, se calhar não foi bem um assalto porque as munições estavam fora de prazo.

- Então assaltaram ou não assaltaram?

- Assaltaram mas não assaltaram…

- Mas há um buraco na rede, uma porta estroncada e faltam coisas no paiol…

- Mas o que falta já não fazia falta…

- Então e ninguém investiga?

- Investiga, até investigam vários, os civis, os militares…

- Mas já chagaram a conclusões?

- Parece que ainda não, mas já foi há quatro meses.

- Mas foi um assalto?

- Não sei, parece que não se pode dizer que terá sido um assalto, é melhor dizer que alegadamente foi um assalto…

E podia seguir por aqui fora.

Com os senhores do quarto andar a dizerem que falta um papel do segundo andar;

E no segundo andar mandam-nos para o sétimo, que diz que afinal é no quinto…

Para os militares que deixaram "escapar" as munições é um embaraço; (é como alguém assaltar uma esquadra, o que já aconteceu)

Para a percepção do país que temos, é vergonhoso.

Para quem investiga, é penoso.

Mas para quem tem confiada a si a representação do Estado, da Defesa, da soberania, é apenas patético.

Ao fim de quatro meses o Ministro da Defesa vir dizer que "não sabe" se houve roubo é absurdo.

Irresponsável. Politicamente fraco.

Ou o Ministro sabe "coisas" e não as quis dizer… ou se não sabe devia estar calado.

Até ter coisas para dizer, ou até terminar a investigação.

O Ministro perdeu, com esta frase, a face.

E o Presidente, "comandante supremo" das Forças Armadas, também não sabe "se foi roubo"?

Devia saber. O quanto antes.

Senão, é cúmplice deste lamentável anúncio de desresponsabilização e fraqueza do Estado.

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21