sicnot

Perfil

Opinião

Lourenço Medeiros tira o novo iPhone do bolso (... ou o que se sabe dele)

Lourenço Medeiros tira o novo iPhone do bolso (... ou o que se sabe dele)

Lourenço Medeiros

Lourenço Medeiros

Editor de Novas Tecnologias

A Apple apresenta esta terça-feira ao mundo o novo iPhone para comemorar os 10 anos da chegada do aparelho ao mercado. O editor de Novas Tecnologias da SIC faz a antevisão possível, entre os muitos rumores não confirmados.

  • Apple apresenta hoje novidades e iPhone 8

    Economia

    A Apple apresenta hoje ao mundo o novo iPhone 8 e novidades na televisão de alta definição. A data não foi escolhida ao acaso: há precisamente 10 anos o icónico fundador da marca Steve Jobs lançava o primeiro iPhone na sede da companhia no estado norte-americano da Califórnia.

  • "Há armamento a circular e não se sabe onde"
    4:35

    Assalto em Tancos

    O jornal Expresso confirma a veracidade do relatório sobre o roubo de armas na base militar de Tancos. O diretor do Expresso, Pedro Santos Guerreiro, explicou, no Jornal da Noite desta segunda-feira, que o documento "tem muita informação recolhida de várias fontes" e revela ainda que "há armamento a circular e não se sabe onde".

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.