sicnot

Perfil

Opinião

"A banca parece que não aprendeu nada com a bolha imobiliária de 2008"

"A banca parece que não aprendeu nada com a bolha imobiliária de 2008"

O Governo quer limitar a venda de produtos financeiros pelos bancos. Está no parlamento uma proposta de lei que penaliza as más práticas comerciais e tenta proteger os clientes, evitando abusos e encargos excessivos e obrigando os bancos a prestarem-lhes mais informação. A proposta prevê ainda que seja dada mais formação aos funcionários. Miguel Sousa Tavares considera a decisão do Governo acertada uma vez que protege os interesses dos clientes. O comentador da SIC faz ainda referência ao ano 2008, início da crise no ramo imobiliário por "culpa dos credores".

Miguel Sousa Tavares deixa algumas críticas à banca, que na sua opinião "parece que não aprendeu nada com a bolha de especulação e endividamento imobiliário de 2008".

  • Discurso de Rio "não foi galvanizante e ninguém esperava por isso"
    3:45

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares defendeu esta segunda-feira que o discurso de Rui Rio, durante o congresso, "não foi galvanizante" e que "ninguém esperava por isso". Durante o espaço habitual de comentário, no Jornal da Noite, o comentador da SIC disse que o novo líder do PSD devia "começar a avançar" e esclarecer "as linhas de orientação em que aposta".

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47

    Opinião

    Donald Trump admite regras mais apertadas para quem compra armas, isto após o tiroteio numa escola da Florida que fez 17 mortos. Miguel Sousa Tavares defende que os Estados Unidos da América são "uma sociedade de pistoleiros" e diz que a Associação Nacional de Rifles "gasta muito dinheiro" para conseguir que as leis não sejam mudadas no Senado.

  • França vence o Peru e apura-se para os oitavos de final do Mundial

    Mundial 2018 / França

    A França venceu o Peru num encontro da 2.ª jornada do grupo C do Mundial 2018. Aos 34 minutos, Pogba passou para Giroud na esquerda, que tentou de pronto o remate, mas a bola saiu prensada por um defesa e chegou até à boca da baliza, onde apareceu Mbappé que praticamente só tem que encostar para pôr a França em vantagem no marcador. Ainda na primeira parte, Lucas Hernández tentou, por duas vezes consecutivas, marcar o segundo golo da França. Na segunda parte, o peruano Farfán ainda rematou várias vezes à baliza de Hugo Lloris, mas sem êxito.

  • Colisão mortal no IC1 perto da Marateca
    1:51
  • Portugal e Espanha empatados em tudo... menos nos amarelos
    1:42
  • Fase de grupos é o "momento mais crítico", diz Fernando Santos
    0:21