sicnot

Perfil

José Gomes Ferreira

"Luxemburgo é um gigantesco offshore onde entram todo os dias malas com dinheiro"

"Luxemburgo é um gigantesco offshore onde entram todo os dias malas com dinheiro"

José Gomes Ferreira

José Gomes Ferreira

Diretor-Adjunto de Informação SIC

Dados do Banco de Portugal indicam que todos os dias saem 2 milhões de euros de Portugal para contas offshore. José Gomes Ferreira comenta a saída de dinheiro para paraísos fiscais, bem como os últimos desenvolvimento do escândalo "Panama Papers". O Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação divulgou este domingo a identidade de vários personalidades que estão de alguma forma envolvidos neste caso de corrupção e fuga fiscal à escala mundial. José Gomes Ferreira critica a falta de vontade política para pôr fim a estes paraísos fiscais, nomeadamente por parte do FMI, e cita o exemplo do Luxemburgo, bem no centro da Europa.

  • Os números do envolvimento de portugueses no Panama Papers
    2:53

    Panama Papers

    Há 244 empresas com sede em Portugal nos documentos revelados pela investigação "Panama Papers" e 23 clientes da Mossack Fonseca têm residência no país. A informação é divulgada pelo Irish Times, associado do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação. O jornalista do Expresso Micael Pereira esclarece que há portugueses mas os dados estão a ser trabalhados.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11