sicnot

Perfil

José Gomes Ferreira

Porque falhou o acordo no BPI

Porque falhou o acordo no BPI

José Gomes Ferreira

José Gomes Ferreira

Diretor-Adjunto de Informação SIC

Isabel dos Santos fez cair o acordo que já tinha com o Caixabank no BPI porque o Banco de Portugal e o Banco Central Europeu não deram ainda luz verde aos nomes escolhidos para a administração de outro banco, o banco BIC. A espera não agradou à filha de José Eduardo dos Santos, que atira assim ao chão um acordo que já estava fechado.

  • Caiu acordo do BPI

    Economia

    Caiu o acordo anunciado há uma semana relativo ao BPI. O anúncio é feito num comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários em que o banco responsabiliza a angolana Isabel dos Santos.

  • BPI, Angola e Espanha: principais momentos

    Economia

    A administração do BPI anunciou hoje que ficou sem efeito o acordo que tinha sido estabelecido entre os seus dois maiores acionistas, CaixaBank e Santoro Finance, para resolver o problema da elevada exposição do banco português a Angola. Eis os principais momentos da relação do BPI com Angola e Espanha:

  • António Costa lamenta queda de acordo no BPI
    1:16

    Economia

    O primeiro-ministro lamentou hoje que a Santoro e o Caixabank não tenham chegado a acordo sobre o BPI. Ainda assim, António Costa está confiante e lembra que as exigências do Banco Central Europeu são para cumprir.

  • Governo prepara-se para forçar solução no BPI

    Economia

    Já está em Belém um diploma do Governo que acaba com a limitação dos direitos de voto dos acionistas de bancos, apurou a SIC. Se o Presidente da República promulgar o diploma, o La Caixa vai poder exercer o direito de voto correspondente aos 44% que detém no capital do BPI e a partir daí, assumir o controlo do banco e avançar com uma OPA sobre o restante capital.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".