sicnot

Perfil

Miguel Sousa Tavares

"O debate foi pobre em substância política e no que nos interessa"

"O debate foi pobre em substância política e no que nos interessa"

Miguel Sousa Tavares analisa, no Jornal da Noite, o segundo dia de debate parlamentar do programa de Governo.

  • "Vontade do PCP decidirá"
    3:21

    New Articles

    No segundo e último dia de debate do Programa de Governo, Paulo Portas fez um discurso arrasador, de ataque cerrado à legitimidade do Executivo. Referiu-se a António Costa como o "primeiro-ministro que o povo não escolheu" e avisou que é a vontade do PCP que vai ditar o destino do Governo.

  • Passos diz que Costa é um "chefe" escolhido "nas costas do povo"
    1:33

    País

    O segundo dia de debate no Parlamento fica marcado pelo discurso do líder do PSD. Pedro Passos Coelho disse que António Costa é um "chefe" escolhido "nas costas do povo". Passos acusou o primeiro-ministro de "cinismo político" e disse esperar que haja eleições se o Governo vier a precisar do PSD.

  • Carlos César diz que a direita não deve excluir-se das negociações
    0:48

    Novo Governo

    À saída do debate parlamentar desta quinta-feira, o líder da bancada socialista disse que PSD e CDS não devem excluir-se de negociações. Nuno Magalhães, o líder do grupo parlamentar do CDS, referiu-se à intervenção de Paulo Portas como tendo sido brilhante. Já o primeiro-ministro congratulou-se por haver finalmente Governo.

  • Chuva, vento, granizo e neve em 13 distritos
    1:42

    País

    Treze distritos do continente estão sob aviso amarelo de mau tempo, com previsão de chuva, granizo e neve. O vento forte também se faz sentir nos distritos de Beja, Faro e Setúbal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.