sicnot

Perfil

Miguel Sousa Tavares

"António Costa vai ter um exercício de malabarismo muito difícil"

"António Costa vai ter um exercício de malabarismo muito difícil"

Os deputados regressam na próxima semana ao Parlamento, e o debate será dominado pelo Orçamento do Estado. Miguel Sousa Tavares considera que "António Costa vai ter um exercício de malabarismo muito difícil". O Bloco de Esquerda garante apoio ao PS e o PCP promete lutar pelo aumento efetivo de reformas e pensões. A Direita insiste que a maioria de Esquerda está a prejudicar o país. O comentador diz ainda que "os parceiros de Esquerda querem que as negociações e reposições continuem".

  • "Querer transformar a 2ª circular numa alameda é uma coisa que não tem pés nem cabeça"
    2:56

    Miguel Sousa Tavares

    A Câmara de Lisboa anulou o concurso para a requalificação da 2ª circular e abriu um inquérito para averiguar a existência de eventuais "conflitos de interesses". Miguel Sousa Tavares diz que "querer transformar a 2ª circular numa alameda é uma coisa que não tem pés nem cabeça", e que neste momento "todos os automobilistas de Lisboa estão felizes". Um antigo vereador da Câmara de Lisboa diz que decisão de Fernando Medina foi motivada por interesses eleitorais.

  • "A Inglaterra não vai invocar o artigo 50 antes de 2017"
    3:32

    Miguel Sousa Tavares

    A cimeira do G20 "era muito importante, havia vários temas em cima da mesa", quem o diz é Miguel Sousa Tavares. O Reino Unido quer liderar o livre comércio a nível mundial depois da saída da União Europeia, no entanto o comentador da SIC diz que "a Inglaterra não vai invocar o artigo 50 antes de 2017". A reunião das 20 maiores potências do mundo ficou também marcada pelos encontros bilaterais e a Síria.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24