sicnot

Perfil

País

As consequências do novo mapa judiciário

REPORTAGEM SIC

As consequências do novo mapa judiciário

Seis meses depois da entrada em funcionamento do novo mapa judiciário, a SIC foi à procura das consequências. A passagem de 27 tribunais a secções de proximidade foi o lado mais visível da reforma no Interior do país, mas há outros, como as dificuldades de acesso à Justiça por parte dos cidadãos. Bragança foi dos distritos mais afetados, como mostra a reportagem de João Faiões.

  • Novo mapa judiciário acabou com tribunal de Monchique no Algarve
    6:28

    País

    O Jornal da Noite começa hoje a mostrar uma série de reportagens sobre a justiça na semana do Tribunal de Porta Aberta. Uma semana promovida pela associação sindical dos juízes. Durante a semana a SIC vai descobrir como ficaram várias das novas comarcas depois da entrada em vigor do Novo Mapa Judiciário. A primeira reportagem é no tribunal de Faro, onde as mais recentes alterações podem deixar a comarca à beira da catástrofe. O aviso é do próprio Juiz presidente, que fala na possibilidade de prescrição de processos, devido à falta de funcionários.

  • Falta de recursos humanos afeta Comarca de Bragança
    6:32

    País

    Três meses depois do arranque do novo mapa judiciário, o Jornal da Noite faz um primeiro balanço junto de algumas comarcas do país. Esta quarta-feira é em Bragança, onde a falta de recursos humanos é um dos principais problemas, mas o maior impacto é sentido pela população, que é agora obrigada a grandes deslocações.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.