sicnot

Perfil

País

GNR detetou este fim de semana 120 condutores com taxa de álcool que corresponde a crime

A GNR detetou este fim de semana 344 pessoas a conduzir sob efeito do álcool durante a operação denominada "Baco", 120 das quais com níveis superiores a 1,2 gramas por litro, o que corresponde a uma taxa crime. 

De acordo com fonte da GNR, foram fiscalizados 5.814 condutores, dos quais 5.076 fizeram o teste do balão, sendo que, destes, 344 estavam a conduzir alcoolizados, 224 com uma taxa inferior a 1,2 (contra-ordenação) e 120 já com uma percentagem que configurava crime.

A mesma fonte da Guarda Nacional Republicana adiantou à Lusa que, para a operação "Baco", estiveram mobilizados 1.244 militares das Unidade de Intervenção, Unidade Nacional de Trânsito e dos comandos territoriais, que realizaram 594 ações de fiscalização.

Foram ainda encontrados 13 condutores sem carta e entre as 847 contra-ordenações detetadas, as mais relevantes foram 44 por falta de inspeção automóvel, 51 por ausência de cintos de segurança ou sistemas de retenção automóvel (cadeiras para crianças), 15 por falta de seguro automóvel e 15 por uso de telemóvel.

A GNR refere que este ano fiscalizou 192.444 condutores, dos quais 4.107 conduziam com taxa de álcool no sangue (TAS) superior ao permitido por lei, e 1.636 foram detidos por conduzirem com taxa crime (igual ou superior a 1,20 gramas por litro). 


Lusa
  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22