sicnot

Perfil

País

Assaltantes que balearam chefe de loja em Santa Iria de Azóia continuam a monte

A polícia procura os dois homens que ontem à noite tentaram assaltar um hipermercado de Santa Iria da Azóia, concelho de Loures, e acabaram por balear com gravidade o chefe de loja. Foi à hora de fecho do estabelecimento comercial, 21h30, que os assaltantes, armados, entraram no local. O responsável da loja evitou o furto, mas acabou por ser atingido na face. Estava em estado de coma quando deu entrada no Hospital de São José, em Lisboa. 

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

LUSA

A PSP e a Polícia Judiciária foram chamadas ao local, onde ainda encontraram uma caçadeira de canos cerrados. Esta terá sido uma das armas usadas, mas não a única, já que os dois homens estariam armados.

No interior do hipermercado, havia vários funcionários em estado de choque.

Durante grande parte da noite e madrugada, a polícia esteve a patrulhar as ruas de Santa Iria da Azóia, para tentar encontrar os criminosos. Vários elementos e patrulhas da polícia estiveram na rua, pelas imediações. Encontrar os dois autores da ação violenta é agora o principal objetivo das autoridades.

 

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.