sicnot

Perfil

País

Falta de anestesiologistas pode pôr em causa aumento das cirurgias em Portugal

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, admitiu hoje que a falta de anestesiologistas pode pôr em causa o crescimento do número de cirurgias realizado em Portugal.

lusa

Paulo Macedo falava na abertura da 4ª Conferência TSF/Abbvie, este ano dedicado ao tema "sustentabilidade na saúde", que decorre em Lisboa. 

A propósito dos indicadores do Serviço Nacional de Saúde (SNS), o ministro alertou para o risco das cirurgias realizadas em Portugal não poderem continuar a aumentar, tal como tem acontecido nos últimos tempos, devido à falta de anestesiologistas.

"Temos de perceber como chegámos a esta situação de pôr em causa as cirurgias por não haver anestesiologistas em número suficiente e como vamos resolvê-la", afirmou, lembrando que "o Ministério da Saúde recruta todos os médicos disponíveis".

A intervenção de Paulo Macedo centrou-se na questão da sustentabilidade do SNS, tendo desfiado as medidas do Executivo nesta área e enaltecendo os resultados que considera positivos, apesar da "crise" que tem afetado o país.

Nesta conferência serão ainda apresentados os resultados de 2015 do projeto Saúde Sustentável, desenvolvido pela Nova Information Management School (Nova IMS), que avalia as perceções dos utilizadores do Serviço Nacional de Saúde (SNS) face à qualidade, preço e eficácia do mesmo.

O inquérito, feito com uma amostra da população portuguesa composta por 552 indivíduos com mais de 18 anos e residentes em Portugal, revelou que "a eficácia do SNS (74,7 por cento) e a qualidade dos serviços de saúde (67,4 por cento) não estão de acordo com o preço (47,5 por cento) ao nível das taxas moderadoras e da comparticipação de medicamentos pelo Estado".

De acordo com o estudo, 43,2 por cento dos inquiridos afirmou que as taxas moderadoras praticadas pelo SNS não são adequadas e 26,3 por cento discorda da comparticipação do Estado para a medicação prescrita a 12 meses.

Uma outra conclusão do estudo é a de que embora as pessoas não deixem de recorrer aos serviços de saúde quando necessário, 15,7 pc dos inquiridos revela ter deixado de comprar um medicamento prescrito devido ao custo
  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC