sicnot

Perfil

País

Primeiro-ministro acusa PS de desespero com resultados das sondagens

Primeiro-ministro acusa PS de desespero com resultados das sondagens

Passos Coelho responsabiliza os maus resultados do PS nas sondagens por uma mudança de foco da política para aspetos de natureza pessoal centrados no primeiro-ministro. O chefe do Governo fala de desespero "em certas áreas políticas" e não poupou o discurso de António Costa perante empresários chineses.

  • Passos garante que está preparado para todo o tipo de ataques
    2:24

    País

    O primeiro-ministro voltou hoje a falar da polémica sobre a falta de pagamento à Segurança Social. No encerramento das jornadas parlamentares do PSD, Passos Coelho diz que está a ser alvo de ataques pessoais, que superam as questões políticas em ano eleitoral.Admite que falhou prazos de pagamento no passado, mas diz nunca se deixou influenciar por qualquer tipo de poder enquanto chefe do Governo.

  • Dívida de Passos à Segurança Social será superior ao que foi pago
    3:27

    País

    A dívida de Pedro Passos Coelho à segurança social seria superior a oito mil euros, já com juros de mora, e não os quatro mil, inicialmente referidos. As contas foram feitas pelo jornal Público. O diário assegura que as contas iniciais se basearam apenas no período entre 2002 e 2004. O primeiro-ministro quer agora dar o assunto por encerrado, apesar do pedido de explicações apresentado pelo PS.

  • Aguiar-Branco diz que Passos Coelho é “um exemplo a seguir”
    0:41

    País

    O ministro José Pedro Aguiar-Branco veio em defesa de Pedro Passos Coelho, ao dizer que o primeiro-ministro é um exemplo por tentar prestar esclarecimentos sobre os assuntos. O ministro da Defesa referia-se, assim, ao caso das dívidas que Pedro Passos Coelho acumulou à Segurança Social entre os anos de 1999 e 2004. Aguiar-Branco comparou Pedro Passos Coelho a António Costa para dizer que o líder do PS não teve a mesma atitude quando deu por encerrada a polémica em torno das declarações que fez perante uma plateia de investidores chineses.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54