sicnot

Perfil

País

Passos vai esclarecer dívidas à Segurança Social no Parlamento

Passos vai esclarecer dívidas à Segurança Social no Parlamento

Passos Coelho vai responder às perguntas dos deputados sobre as dívidas à Segurança Social. A garantia foi deixada pelo líder parlamentar do PSD, esta quinta-feira, no Parlamento, que aproveitou para reafirmar que o primeiro-ministro nunca foi beneficiado em relação às dívidas ao Estado.

  • Podem as dívidas à Segurança Social prescrever?
    1:40

    Economia

    Afinal, as dívidas da Segurança Social podem ou não prescrever? Esta é uma das muitas dúvidas que têm surgido a propósito do pagamento, por parte do primeiro-ministro, da dívida à Segurança Social que tinha prescrito. A SIC foi à procura de respostas.

  • Oposição quer conhecer ao pormenor carreira contributiva de Passos Coelho
    2:40

    Economia

    Apesar dos repetidos esclarecimentos de Passos Coelho, ainda há perguntas por responder. Todos os partidos da oposição entregaram no Parlamento requerimentos para saber ao pormenor o que se passou entre 1999 e 2004. Anos em que o primeiro-ministro acumulou dívidas à Segurança Social e que, de acordo com o jornal Público, não foram todas contabilizadas. Parte da dívida terá sido dado como prescrita. O valor entre 1999 e 2004 com juros seria superior a 8 mil euros. A Segurança Social terá tido em conta o valor entre 2002 e 2004.

  • Vitorino diz que a dívida de Passos à Segurança Social é motivo para pedir desculpa aos portugueses
    1:47

    País

    António Vitorino diz que a dívida de Pedro Passos Coelho à Segurança Social é motivo para pedir desculpa aos portugueses. O ex-comissário socialista esteve, esta noite, na SIC Notícias, com Pedro Santana Lopes, e disse que este é um caso político. Santana Lopes concorda mas acrescenta que, à data a que o caso se refere, o sistema de pagamentos à Segurança Social era confuso.

  • Ferro Rodrigues acusa Passos de não respeitar presunção da inocência
    0:41

    País

    O líder parlamentar do PS diz que a carta de Sócrates é uma reação indignada à violação de um direito constitucional por parte de Passos Coelho e que a presunção de inocência não está a ser respeitada. Ferro Rodrigues considera também que António Costa fez bem quando ontem não respondeu às perguntas da SIC sobre a dívida do primeiro-ministro à Segurança Social.

  • Coreia do Norte foi "isolada à força"

    Mundo

    O empresário espanhol León Smit, que organiza visitas à Coreia do Norte, diz que o país foi "isolado à força", sendo "muito difícil" estabelecer relações comerciais com Pyongyang, sob o regime de Kim Jong-un.

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite