sicnot

Perfil

País

Pena suspensa e prisão ao fim de semana para suspeitos perseguidos por polícias em Loures

O Tribunal de Loures condenou hoje um dos jovens perseguidos por polícias que foram colhidos por um comboio a sete meses de pena suspensa e outro a nove meses de prisão a cumprir aos fins de semana.

Arquivo

Arquivo

Lusa

Os dois jovens 17 e 19 anos, que não estiveram presentes na sessão e foram condenados por tentativa de furto, foram detidos há duas semanas no concelho de Loures, após uma perseguição policial em que morreram dois agentes da PSP.

Os jovens, já com antecedentes criminais, começaram a ser julgados em processo sumário no dia 26 de fevereiro pelos crimes de furto qualificado na forma tentada a uma residência na freguesia da Bobadela, Loures, e um deles pela posse de arma proibida.

O tribunal deu como provado que os dois homens, juntamente com um terceiro que ainda não foi detido, tentaram assaltar uma residência e encetaram uma fuga quando avistaram agentes da PSP, mas decidiu "atenuar a pena a aplicar devido à idade dos arguidos".

Ao jovem de 17 anos o tribunal aplicou uma pena de nove meses de prisão por dias livres, cumpridos por 54 períodos de 36 horas, aos fins de semana.

 A pena de prisão por dias livres consiste numa privação da liberdade por períodos correspondentes a fins de semana, não podendo exceder 72 períodos, e pode aplicar-se apenas em penas não superiores a um ano.

Por seu turno, o jovem de 19 anos foi condenado a sete meses de pena suspensa, ao pagamento de 1.000 euros de multa, pelo crime de arma proibida, e a uma indemnização de 150 euros ao proprietário da residência que sofreu uma tentativa de assalto.

No final da sessão, em declarações aos jornalistas, os advogados dos dois jovens disseram que ainda iriam rever e analisar as provas antes de decidir se vão ou não recorrer da sentença.

No dia 25 de fevereiro, os dois detidos foram intercetados num canavial perto da estação ferroviária, depois da tentativa de assalto.

Os dois agentes da PSP que morreram, de 23 e 26 anos, pertenciam à esquadra de São João da Talha e foram colhidos por um comboio entre a Bobadela e Sacavém.


Lusa
  • Santana diz que Marcelo por vezes faz de conta que é primeiro-ministro
    1:12

    País

    Santana Lopes diz que a expectativa que Passos Coelho criou sobre o mau desempenho do Governo se está a virar-se contra ele. Numa entrevista ao jornal Expresso deste sábado, o ex-primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa considera contudo que Passos Coelho ainda poderá ganhar as próximas eleições. Sobre Marcelo, o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia diz que por vezes faz de conta que é o primeiro-ministro.

  • Coala do Zoo de Duisburg viaja para Lisboa 

    País

    A SIC acompanhou, em exclusivo, a transferência de uma coala do Zoo de Duisburg, na Alemanha, para o Jardim Zoológico de Lisboa. O animal foi transportado pela TAP e batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Uma reportagem para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.