sicnot

Perfil

País

Principal causa de infertilidade nos homens pode ser contornada em 40% dos casos

Reuters

- Os homens que sofrem de Síndrome de Klinefelter, uma doença genética apontada como a principal causa de infertilidade no sexo masculino, podem ser pais biológicos, demonstra um estudo a que a Lusa teve hoje acesso. 

Uma equipa de investigação do Departamento de Genética da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), liderada pelo geneticista Alberto Barros, avaliou 65 homens que sofrem de Síndrome de Klinefelter e que apresentavam um quadro de azoospermia (ausência de gâmetas no esperma) e, consequentemente, infertilidade. 

No entanto, segundo os investigadores, apesar da ausência de espermatozoides no sémen, é possível encontrar gâmetas masculinos nos testículos destes homens. Na amostra avaliada, a equipa da FMUP recuperou espermatozoides em 40% dos pacientes, o que permitiu dar seguimento ao tratamento de infertilidade sem recorrer a um dador.

O resultado deste tratamento, sublinham os autores do estudo, foi o nascimento de "17 crianças saudáveis".

"Esta é uma das maiores casuísticas mundiais que demonstra que apesar de o sémen colhido dos doentes não conter espermatozoides não significa que não haja produção testicular desses gâmetas. O facto de a torneira não deitar água não significa que ela não exista no fundo do poço", explicou Alberto Barros. 

De acordo com o investigador, "é necessário retirar vários fragmentos do testículo e, em laboratório, procurar espermatozoides de forma sistemática e insistente". 

Em 40% dos casos, encontram-se células sexuais masculinas aptas a fertilizar um óvulo. "Isto quer dizer que estes homens podem ser pais biológicos", sustentou o especialista.

O geneticista referiu que "o risco de passar a síndrome aos filhos também é baixo. Sabemos que os homens com esta patologia não apresentam um risco aumentado de transmitir o seu problema genético aos descendentes". 

"Lamentavelmente, muitos médicos correlacionam esta doença com infertilidade irreversível", disse. 

Esta síndrome, identificada em 1942 por Klinefelter, é a causa mais frequente de infertilidade em indivíduos do sexo masculino. Estes doentes têm um cromossoma X adicional (XXY em vez de XY) e podem apresentar estatura elevada, algum desenvolvimento do tecido mamário e testículos pequenos.

Estima-se que um em cada 500 a 1000 recém-nascidos do sexo masculino sofra desta doença genética que, habitualmente, passa incógnita até à adolescência ou até à idade adulta, altura em que é diagnosticada na sequência da existência de problemas de fertilidade.



  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".