sicnot

Perfil

País

Ministro admite que um milhão não tem médico de família e anuncia que metade vai ter

O ministro da Saúde admitiu hoje que existe um milhão de portugueses sem médico de família, mas anunciou que os concursos que estão a decorrer deverão resultar num ganho destes profissionais para 500 mil pessoas.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

REUTERS/ ARQUIVO

Paulo Macedo, que falava na Comissão Parlamentar de Saúde, afirmou que existem quatro concursos para a contratação de médicos, os quais deverão resultar em mais 500 mil utentes com médico de família até ao final do ano.

 

Ainda assim, o governante reconheceu que ainda existe um milhão de portugueses sem médico de família, número que ascendia aos dois milhões, segundo as contas de Paulo Macedo.

 

Segundo o ministro, o défice de médicos de família é maior nas Administrações Regionais de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo e do Algarve, existindo uma cobertura superior a 90 por cento nas outras três regiões.


Lusa

  • Ministro da Saúde insiste num projeto integrado para novo hospital de Lisboa
    1:25

    País

    O ministro da Saúde diz que o novo Hospital de Todos os Santos é um projeto integrado e que vai incluir a pediatria atualmente no Hospital Dona Estefânia. Numa entrevista à Rádio Renascença, Paulo Macedo garante que até ao fim da legislatura quer ter definido o projeto e financiamento. Já sobre a falta de recursos humanos, o ministro insiste na questão dos numerus clausus de Medicina nas universidades.

  • Paulo Macedo critica aproveitamento em torno da dívida regularizada de Passos
    0:35

    País

    O ministro da Saúde referiu-se à polémica sobre as dívidas do primeiro-ministro com uma nota de crítica para a forma como considera que a situação está a ser aproveitada em termos políticos. De resto, Paulo Macedo diz que no caso concreto a situação está regularizada e que o que é mais importante é que cada um cumpra as obrigações fiscais.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14

    Crise Migratória na Europa

    Mais de 160 pessoas foram resgatadas de uma embarcação de borracha que estava à deriva junto à zona costeira da Líbia. As imagens do resgate são de aflição, lágrimas e gritos. "Estou grávida! Estou a morrer!", disse uma das mulheres que conseguiu salvar-se. Foram ainda encontrados 13 cadáveres no fundo do barco, entre eles mães e mulheres grávidas. As imagens podem chocar as pessoas mais sensíveis.

  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.