sicnot

Perfil

País

Recluso encontrado morto e outro em estado grave na cadeia de Lisboa

Um recluso do Estabelecimento Prisional de Lisboa foi encontrado morto dentro da cela, esta manhã. O companheiro de cela também estava ferido com gravidade, com vários golpes na cabeça, que terão sido feitos por uma arma branca. Ambos estavam presos preventivamente.

Os guardas prisionais deram conta do sucedido na abertura da ala, às 8:00.

O recluso ferido tinha um golpe muito profundo, de orelha a orelha, que terá sido feito com arma branca - cortaram-lhe a traqueia e várias artérias e veias. Foi levado diretamente para o bloco operatório no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

É cabo-verdiano e está preso preventivamente por homicídio.

O prisioneiro encontrado morto era espanhol e estava preso preventivamente por tráfico de droga. Foi levado para o Instituto de Medicina Legal.




EM ATUALIZAÇÃO
  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.