sicnot

Perfil

País

Especialista estima que apneia do sono afeta mais de 10% dos adultos em Portugal

A apneia do sono, distúrbio que se caracteriza por pausas respiratórias durante o sono, pode afetar em Portugal mais de 10% dos adultos, mas grande parte das pessoas que sofrem desta patologia não estão diagnosticadas, estimou hoje um especialista.

© Jason Lee / Reuters

A doença, que afeta mais os homens, mas que passa a afetar com a mesma incidência as mulheres a partir da menopausa, pode aumentar o risco de enfartes, arritmias ou Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC), entre outros, explicou à Lusa o pneumologista José Romero, do Centro Hospitalar do Algarve (CHA).

Na sexta-feira, o Algarve assinala o Dia Mundial do Sono com a iniciativa "Corra/Caminhe pelo Sono", que pretende sensibilizar para esta doença crónica, que pode ter grande impacto na qualidade de vida dos doentes, causando sonolência diurna que afeta as relações pessoais, laborais e sociais.

De acordo com aquele especialista, mais de 80% das pessoas afetadas pelo distúrbio sofrem de obesidade, sendo igualmente fatores de risco o facto de fumar e ingerir bebidas alcoólicas em excesso.

Os sintomas noturnos são, normalmente, ressonar forte, transpiração excessiva, movimentos durante a noite e despertares súbitos com sensação de sufocação ou engasgamento, o que é muitas vezes desvalorizado pelas pessoas.

As pausas respiratórias durante o sono, com duração superior a 10 segundos e que se podem repetir mais de cinco vezes por hora, originam diminuição do oxigénio e também o aumento do dióxido de carbono no sangue.

"Normalmente, o organismo tem mecanismos para que a pessoa acorde, mas há apneias que chegam a durar um minuto", explicou José Romero, lamentando que haja "muito descuido" por parte da população em geral para os problemas do sono.

A iniciativa, que decorre às 20:30 na aldeia de Querença, no concelho de Loulé, conta já com mais de 200 inscrições.

É promovida pelo Centro Hospitalar Algarve (CHA) em conjunto com a Linde Saúde e o grupo "Corridas à 6ª Feira".

LUSA
  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.