sicnot

Perfil

País

Homem detido no aeroporto do Porto condenado por falsificação de documento

Homem detido no aeroporto do Porto condenado por falsificação de documento

Foi hoje condenado o alegado terrorista espanhol detido ontem no aeroporto Francisco Sá Carneiro com um passaporte falso. O tribunal da Maia considerou-o culpado do crime de falsificação de documento, um crime que o próprio confessou. Hector Naya Gil vai agora ser presente ao tribunal da Relação do Porto para ser extraditado para Espanha onde deverá cumprir uma pena de 11 anos de prisão por envolvimento em organização e acções terroristas. O homem de 33 anos tentou usar o passaporte falso para fugir para a Venezuela e aí pedir asilo político, como confirmou esta tarde a advogada.

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.