sicnot

Perfil

País

Período epidémico da gripe chegou ao fim

 A Direção-Geral da Saúde (DGS) garantiu hoje que o período epidémico da gripe já terminou e que a mortalidade voltou aos valores normais.

O vacinómetro demonstra ainda que, do total de grupos inquiridos, 92,1% já tinham recebido a vacina contra a gripe noutras épocas, enquanto os restantes (7,9%) se vacinaram este ano pela primeira vez (Arquivo)

O vacinómetro demonstra ainda que, do total de grupos inquiridos, 92,1% já tinham recebido a vacina contra a gripe noutras épocas, enquanto os restantes (7,9%) se vacinaram este ano pela primeira vez (Arquivo)

AP/ ROBERTO PFEIL

Em comunicado, a DGS afirma que a taxa de incidência de gripe está a diminuir há duas semanas consecutivas e apresenta "tendência decrescente", indicando que "o período epidémico da gripe já terminou".


Na semana de 2 a 8 de março (décima semana do ano), o número de óbitos registado por "todas as causas" situa-se nos valores considerados normais de mortalidade para a época.


A DGS prevê que esta situação se mantenha, pondo fim ao excesso de mortalidade que se registou e que esteve associado ao frio extremo, ao aumento da incidência de infeções respiratórias agudas e à atividade gripal.


O último Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe, de 5 de março, dava conta de que desde o início da época de vigilância deram entrada nos hospitais da rede 84 doentes com gripe, a maioria com o vírus B e com doença crónica subjacente, sendo que catorze pacientes morreram.


O excesso de óbitos voltou a ser observado entre idosos, com 75 ou mais anos, nas regiões do Norte e Centro.


Lusa
  • Médicos e ministro da Saúde voltam hoje às negociações

    País

    O Ministério da Saúde deverá apresentar uma proposta que poderá ser decisiva para a convocação ou não de uma nova greve. O Sindicato Independente dos Médicos e a Federação Nacional de Médicos tinham anunciado, no dia 11 de agosto, que vão realizar uma greve de dois dias na primeira semana de outubro, se a nova proposta negocial não levar em conta o que reivindicam.

  • PJ de Portimão deteve italiano foragido
    0:55

    País

    A Polícia Judiciária de Portimão deteve em Lagos um homem italiano que aguardava extradição. O antigo piloto de automóveis esteve foragido durante quase um ano, depois de ter cortado a pulseira eletrónica.