sicnot

Perfil

País

Ministro do Ambiente diz que a morte de um dos linces ibéricos libertados é normal

O ministro do Ambiente considerou esta sexta feira normal a morte de um dos seis linces ibéricos libertados em Portugal, referindo que a reintrodução da espécie não está isenta de riscos e temos de estar preparados para "fatalidades" do género.

Lince libertado em dezembro de 2014 em Mértola.

Lince libertado em dezembro de 2014 em Mértola.

Arquivo Lusa

"É uma ocorrência que obviamente lamentamos, mas acaba por ser normal nestes programas de reintrodução do lince", disse o ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, aos jornalistas, em Castro Verde, no Alentejo.

Segundo o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), a fêmea de lince reintroduzida no dia 7 e libertada na natureza no dia 25 do passado mês de fevereiro, Kayakweru, foi encontrada morta na quinta-feira, numa zona florestal, pela equipa de campo que monitoriza os seis linces ibéricos já reintroduzidos na natureza em Portugal, no Parque Natural do Vale do Guadiana (PNVG), no concelho alentejano de Mértola.

O ministro disse que "estão excluídas algumas das razões que habitualmente justificam" a morte dos linces, como atropelamento, mas ainda não são conhecidas as causas da morte da fémea e o ICNF "vai dar mais informações à medida que se consiga apurar as razões".

"Dos seis linces que foram reintroduzidos, ocorreu esta fatalidade com um deles. É matéria sobre a qual julgo que ainda hoje podemos dar mais informação, dado que se estão a tentar apurar as razões" da morte de Kayakweru, disse.

"Apesar de a reintrodução configurar um momento de grande felicidade para todos os que trabalham nesta área da conservação da natureza, não é uma opção isenta de riscos e temos de nos preparar para que fatalidades como esta possam ocorrer. Disse-o no momento mais feliz, que foi o da libertação do primeiro lince, e digo-o novamente", afirmou o ministro.

Jorge Moreira da Silva frisou que o programa de reintrodução do lince ibérico em Portugal foi "bem preparado, bem desenvolvido, bem estudado" durante "20 anos" e "não houve nenhuma passagem à fase de reintrodução que não tivesse correspondido a uma avaliação prévia de risco e a uma utilização das melhores práticas nos cinco centros de reprodução".

"Mas temos de nos preparar todos para que situações como estas possam ir ocorrendo", insistiu, referindo que "o mesmo aconteceu" com alguns dos linces ibéricos libertados em Espanha, "mas isto faz parte de um processo normal de reintrodução da espécie".

Com Lusa


  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.