sicnot

Perfil

País

PS arranca hoje jornadas parlamentares com crescimento e inclusão na agenda

O PS realiza hoje e amanhã as jornadas parlamentares em Gaia, dedicadas ao tema "Crescer com as pessoas, mais investimento e inclusão". 

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

O secretário-geral do PS, António Costa, marca presença logo de manhã, acompanhando os deputados do PS nas visitas à entidade "Inovgaia" e à creche "Cercigaia".

Durante as jornadas, estão previstos dois discursos do líder socialista: o primeiro no jantar de hoje e o segundo na sessão de encerramento de amanhã.

A sessão de abertura formal das Jornadas Parlamentares do PS acontecerá ao início da tarde, com o discurso de fundo a cargo do líder da bancada, Ferro Rodrigues.

Depois, os deputados socialistas discutem sem a presença da comunicação social o tema "Valorizar as pessoas, reforçar a coesão social e investir no futuro", no qual participam o ex-ministro socialista Augusto Santos Silva, o padre Lino Maia, Fernanda Rodrigues (presidente da Associação dos Profissionais de Serviço Social) e Palmira Macedo (economista).

No sábado, antes do encerramento das jornadas, os deputados socialistas voltam a reunir-se à porta fechada para discutirem o tema "Investir, recuperar e modernizar a economia - oportunidades no quadro europeu", com António Barros (vice-presidente da CIP), Paulo Vaz (diretor da Associação Textil e Vestuário de Portugal) e a eurodeputada socialista Elisa Ferreira - um debate que será coordenado pelo líder da Federação de Aveiro do PS, Pedro Nuno Santos.

Segundo o vice-presidente da bancada socialista João Paulo Correia as jornadas parlamentares pretendem sustentar a tese de que "o crescimento da atividade económica não pode desligar-se das condições sociais do país".

"Investimento, recuperação económica e inclusão social são as áreas chave da ação política do PS, constarão no programa eleitoral do partido e serão as linhas orientadoras de um futuro Governo socialista", apontou João Paulo Correia.

A escolha de Gaia para a realização das jornadas, segundo João Paulo Correia, justifica-se pelo facto de o distrito do Porto "ter preocupantes índices sociais, quer ao nível da pobreza (infantil ou idosos) e da exclusão, quer no que respeita ao desemprego de longa duração".

Lusa

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.