sicnot

Perfil

País

Agentes da PSP condenados a 11 e 10 anos e meio de prisão por furtos

Dois agentes da PSP de Coimbra acusados de vários assaltos e outros crimes, praticados na Lousã e em Miranda do Corvo, foram hoje condenados a 11 anos e 10 anos e meio de prisão.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

O Tribunal de Coimbra condenou o terceiro arguido do processo, um trabalhador de uma empresa de segurança privada, a nove anos de cadeia.

Os arguidos eram acusados da prática de 16 crimes de furto qualificado na forma consumada e um crime de furto na forma tentada, entre outros crimes, incluindo o de associação criminosa, do qual foram todos absolvidos.

O Ministério Público (MP) tinha pedido penas de prisão superiores a 12 anos para os dois agentes da PSP, residentes no concelho da Lousã.

Para o terceiro arguido, residente em Miranda do Corvo e acusado de 14 crimes de furto qualificado, o MP tinha pedido 11 anos de prisão.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.