sicnot

Perfil

País

Bombeiros de Chaves procuram idosa em casa destruída pelo fogo

Os bombeiros estão a procurar uma idosa de 90 anos que poderá estar no interior de uma habitação que foi consumida pelas chamas na aldeia de Faiões, em Chaves. O incêndio começou esta manhã, ainda antes das 8:00, e quando os bombeiros chegaram ao local já só conseguiram evitar que o fogo se alastrasse às habitações vizinhas.

Frederico Correia/SIC

Os familiares confirmam que a idosa se encontrava na casa, mas até ao momento decorrem ainda as operações para encontrar a mulher.

De acordo com o comandante José Lima, os bombeiros estão a proceder à consolidação das condições de segurança para que se possa entrar na habitação, suspeitando-se que a mulher se encontrava no quarto na hora em que deflagrou o fogo.

Quando chegaram ao local, de acordo com o responsável, a preocupação foi que as chamas não se propagassem às casas vizinhas.

No local estão 22 bombeiros, apoiados por sete viaturas, além de elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), militares da GNR. Foi também chamada a Polícia Judiciária (PJ) para investigar as causas do fogo.

Fonte da GNR disse haver suspeitas de que a origem do incêndio possa ter estado num cobertor elétrico.


Com Lusa
  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.